controle de qualidade

Controle de qualidade na linha de produção industrial: os 10 mandamentos

Quer ficar por dentro das principais estratégias para o controle de qualidade na linha de produção industrial?

O controle de qualidade é um processo essencial para garantir que sua empresa continue sempre crescendo!

Com o passar dos anos, muita coisa muda no mundo da produção. Das tecnologias utilizadas até o nível de exigência dos clientes, sua empresa certamente precisa se adaptar constantemente. E falando na exigência, ela está cada vez mais alta.

Atualmente, o consumidor busca produtos que solucionem de maneira completa seus problemas. Ele quer ser atendido de maneira personalizada e não gasta seu dinheiro com produtos de baixa qualidade. Pensando nesse cenário, cada vez mais o setor industrial se preocupa em reduzir o número de falhas e problemas na linha de produção. Afinal, isso é sinônimo de reduzir custos.

Quer saber mais sobre logística reversa e como diminuir os gastos da sua empresa com a devolução de produtos? Leia também esse outro artigo que preparamos!

A seguir, você encontra os 10 mandamentos do controle de qualidade na linha de produção industrial. Com eles, você e sua empresa estarão sempre prontos para oferecer o melhor aos seus clientes! Confira:

1 – Satisfação do Cliente

Nada deve ser mais importante para uma empresa, independente do setor. A satisfação do cliente é sempre o objetivo final do empresário bem-sucedido. E esse objetivo não se resume a oferecer produtos de qualidade. Veja alguns exemplos:

  • A empresa deve conhecer seu público e entender os desafios que ele enfrenta;
  • O produto deve ser pensado de maneira a solucionar os problemas do cliente de maneira eficiente;
  • As matérias-primas utilizadas devem ser de qualidade;
  • Os processos e procedimentos devem sempre ser o mais sustentáveis e responsáveis o possível, tanto ecologicamente quanto socialmente;
  • A distribuição deve ser eficiente;
  • A qualidade final do produto sempre deve ser levada em consideração;
  • O serviço de atendimento, especialmente o pós-venda, não devem ser esquecidos.

Todas as ações, políticas e procedimentos na sua empresa podem influenciar na satisfação do cliente. Por isso, é essencial planejar tudo com o seu público-alvo em mente.

2 – Delegação

Um dos erros mais comuns entre empresários, líderes e gestores é deixar de delegar.

Essa estratégia de gerenciamento pode trazer inúmeros problemas para seu negócio. O principal deles é a diminuição da agilidade e sobrecarga para aqueles que ocupam os cargos de liderança.

Esse tipo de comportamento pode causar problemas com sua equipe de colaboradores. É comum que líderes com esse perfil façam com que os outros profissionais sintam-se frustrados e desmotivados, já que sentem que os gestores não confiam em suas habilidades e que não podem desempenhar de maneira criativa.

É verdade, todo o processo deve contar com um controle de qualidade. Mas também é essencial que os líderes possuam habilidades de delegação para garantir que tudo funcione.

3 – Gerência com liderança

Os gerentes são colaboradores extremamente importantes para sua empresa. Eles são responsáveis pelo planejamento estratégico dos processos, mas também podem oferecer muito mais. Gerentes que possuem habilidades de liderança podem fazer toda a diferença em uma empresa:

  • Motivam as equipes, melhorando a eficiência;
  • Ajudam na retenção de talentos e diminuição da rotatividade;
  • Identificam e corrigem problemas recorrentes nos processos;
  • Promovem um ambiente de trabalho mais harmonioso;
  • Melhoram a comunicação entre a equipe e entre setores.

4 – Melhoria Contínua

Uma das principais regras a serem seguidas por empresas que querem crescer é essa: sempre pode-se melhorar algo.

Identificar problemas e oferecer soluções é um processo dinâmico e contínuo, que deve estar sempre sendo realizado. O acompanhamento de resultados é essencial nesse setor.

5 – Desenvolvimento de pessoas

Suas equipes de colaboradores são importantíssimas para sua empresa. Sem eles, é impossível alcançar os padrões de qualidade que você espera. Por isso, sempre adote medidas para incentivar o desenvolvimento deles.

Programas de treinamento, motivação e recompensas por metas cumpridas são apenas alguns exemplos de como você pode diminuir a rotatividade de colaboradores.

6 – Disseminação de informação

Uma equipe que se comunica bem é uma equipe eficiente. Para garantir que tudo funcione da maneira esperada na sua empresa, é essencial disseminar informação e aprimorar os meios de comunicação.

7 – Não aceitar erros

Erros acontecem. As falhas, apesar de parte comum dos processos de produção, nunca devem ser encaradas como inevitáveis.

Isso não significa punir colaboradores, mas sim estar em desenvolvimento constante. Sempre que um erro é identificado, a atitude da gestão deve ser buscar soluções. Uma frase da qual você deve se livrar da sua empresa é “isso é assim mesmo, não dá para evitar.”

8 – Constância de propósitos

A constância é fundamental para empresas que desejam crescer e melhorar a qualidade de seus processos. Afinal, se os propósitos e valores do negócio mudam constantemente, não existe tempo hábil para corrigir falhas e melhorar.

9 – Garantia da qualidade

A preocupação imediata após a satisfação dos seus clientes deve sempre ser a qualidade do seu produto. Garantir a qualidade inclui, entre outras medidas:

  • Contar com matérias-primas de qualidade;
  • Certificar-se de que os processos de produção não possuem falhas;
  • Certificar-se de que o produto funciona da maneira esperada;
  • Garantir que o produto chegue ao cliente em boas condições e na data esperada;
  • Verificar se o produto é competitivo quando comparado com outras opções no mercado.

10 – Gerenciamento de processos

É preciso contar com planejamento estratégico, acompanhamento constante e otimização contínua dos processos de produção para facilitar o controle de qualidade. O bom gerenciamento evita perda de produtos e devoluções, além de reduzir drasticamente os custos com logística reversa.

O ideal sempre é prevenir os erros, para que você não sofra prejuízos quando os processos de controle de qualidade forem aplicados.

Conclusão

O controle de qualidade é um fator essencial para o sucesso de empresas em qualquer setor! Saiba mais sobre o assunto lendo esses posts que separamos para você:

E então, você já conhecia os dez mandamentos do controle de qualidade? Deixe sua opinião nos comentários e não esqueça de perguntar se ficou com alguma dúvida!

inspeção de qualidade

Deixe um comentário